segunda-feira, 18 de março de 2013

Um Dia, Não Mais! Ou Uma Mulher Nunca Esquece Um Disparo






Ele entrega sua cara famosa

Na minha cara pálida de assombro

E me come, perigosamente,
Com olhos claros de cor sacana
Numa fração de segundos
Morro afogada nas mulheres
Que nasceram cantadas
Bárbara, Ana, Joana,
Iracema e tantas
Vândalas, depravadas,
As bem viadas, as travadas,
Lúcidas, insanas, santas
Fêmeas circulares que entram e saem
Do sangue, dos poros, para
Viverem papel de louca, o meu,
Em cena aberta. Merda!
E as notas das canções cobrindo o chão
De intimidades
Amores, amoras, poemas
Eu sem pés, sem boca
Como abraçar?
Aquele olhar de tropeço
Que cai dentro da gente
Súbita cortesia da vida
A uma mulher com memória
E agora?
Ele passa, repassa,
Como quem diz despedida
E sem graça, e ação, e serpente,
O deixo ficar em segredo no jeito de morrer
Fica, então, aquele gesto de arpão dele
O riso de disparo
 Meu mergulho em azuis de olhos molhados
Eu, totalmente, peixe

9 comentários:

Assis Freitas disse...

totalmente peixe: totalmente demais


beijo

Tania regina Contreiras disse...

Ai, olhos, ai olhos...que dizer mais, se já disses tudo? :-)

Beijos,

Cris de Souza disse...

Uau, que mergulho!!! E quem resiste aos azuis abismares?

Beijo, Irada*

dade amorim disse...

Que olhos, Ira, que olhos!

Beijo e obrigada pela lembrança.

Cecília Romeu disse...

Ira!
Muito inspirador! E quantos olhares não nos fazem pular em piscina funda sem equipamento de mergulho, não é mesmo?
Beijos!

Joelma B. disse...

ele, aquários!!

:D


beijos, beijos!!

Lily disse...



Ira,

Você está demais!

Levando para o FB, para divulgar.

Beijos,

Suzana Guimarães, a Lily.

Eleonora Marino Duarte disse...

eu vou... eu mergulho, eu fui.

na minha cabeça, transei com o Chico desde a adolescência... em dias de chuva, transo com ele ainda, eu acho...eu acho que é ele sim.


Ira, a sua criatividade é algo sobrenatural!


fiquei vidrada!


um beijo!

eurico portugal disse...

há uma água que me diz... nem sempre o sei... peixe-peixe ou peixe-homem?

beijos!