quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Sangue para Bocas Mortas





Abri todas as janelas da casa amarga
E fui jogando fora pergunta por pergunta,
A rua lotou de coisas irrelevantes,
Mas os homens se estapearam por elas
Deixei por último, o urso feroz,
Essa inquietação que me tirou a pele

Quanta estupidez cabe numa parca alma?

Você, irascível, que calça a rudeza,
Por seus cascos, me diga
Caso não queira me confessar o veneno,
Incurável inferno, melhor assim,
Que não me contamino dessas fezes de rato
Entranhadas em sua língua áspera
Jogo sua carcaça, seu rabo, seus vermes,
Sobre o carvão do asfalto

Falta pouco, que eu atire essa convivência,
Tortura fétida, aqui, do alto desse prédio
Para me rebrotar noutro chão,
Um lugar esvaziado de insultos,
Onde meu padecimento
Não sofra mais os trancos de suas aberrações
Sei bem o que você quer de mim,
Que é chegadaço num cano de sangue,
Mas pode ir recolhendo seus caninos tortos
Minhas artérias não são pro seu bico
E meu sangue já está reservado
Para colorir os lábios dos mortos

16 comentários:

Carolina disse...

..............¨♥*✫♥,
.........,•✯´.........´*✫
.......♥*................ __/\__
.......*♥............… ..*-:¦:-*
...¸.•✫.............……/.•*•.\
...~`,`~.................. |
¸....✫................... *•*
´¸...*♥..´¸...........*♥♫♥*
´¸¸♥*................✯•♫•♥•*
´¸.•✫ .............. *♥•♫•♫♥*
~`,`~............. ✯♥•♦♫♥•♥*.
`.✫`.............. *♥☺♥•♥•☺♥*.
●/................✯♥•♥♠♫♥#♥•♥*..
/▌................*♥♫•♥♫•♥♫♥•♫♥*
/ \....................... ╬╬╬╬

Domingos Barroso disse...

a algumas poetas já pedi para beijar-lhes os pés, pergunto a ti:

posso beijar
os teus pés?


Esplêndido poema!

Ira Buscacio disse...

Domingos,como vc é um bruxo mt do querido, não posso negar seu pedido, mas vou logo avisando as estranhezas dos que me sustentam. há artrite, calosidade e muitas unhas encravadas, se desistir será absolutamente compreensível. continuarei apaixonada pelas suas bruxarias
bj

Luiza Maciel Nogueira disse...

lindeza Ira bom tudo pra ti!

beijos

Janice Adja disse...

Um poema construído de verdades.
Um Natal de luz e muita harmonia.

Beijos!!

Assis Freitas disse...

os lábios dos mortos salivam sílabas de muitos outroras,



beijos

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Ira. Entendo perfeitamente a sua poesia forte e admiro.
Quantos vampiros querem nos levar ao descanso eterno em própria vida.
Eles são cruéis porque muitas vezes nos permitimos com que eles sejam.
Quando conseguimos nos livrar do peso, das amarras e torturas, teremos a chance de renascermos, de amarmos novamente com delicadeza de voz, a que tanto faz falta.
Ira. tenha um excelente natal diário e um 2013 de muitra saúde, paz e amor.
Obrigada por sua presemça e carinho.
Beijos na alma.

Jorge Pimenta disse...

ira,
arrepio nesta inquietação a tirar-nos a pele, depois da roupa, à procura do que o sangue esconde - essa sagrada loucura que aquece os corpos em lugares acima, bem acima dessa casa cheia de perguntas e com o aroma do veneno. os caninos tortos sejam recolhidos [não há volta possível], mas o sangue, em transfusão silenciosa, que continue a bater as asas sobre a luz.

beijo, querida amiga!

Marco Rocca disse...

Um poema consistente, belo. Um tanto funéreo. Mas, vejamos: O que não é fúnebre para a humanidade, se ela sempre se equilibra sobre a dúvida da existência... Pois então, amiga Ira, Parabéns por esta preciosidade. Preciosidade que é também a nossa amizade. Feliz Natal e um Ótimo 2013! Marco Rocca.

Dmitry Voevodin disse...

Поздравляю с Рождеством Христовым! В этот светлый праздник хочу пожелать мира и спокойствия в вашем доме, добра, взаимопонимания, достатка, любви, счастья, душевного равновесия, успехов во всех начинаниях, побольше радости, крепкого здоровья и всех благ! Пусть оправдываются все ожидания и сбудутся самые заветные мечты!
Merry Christmas and a Happy New Year!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Que todos os teus dias sejam Natal e do coração nunca se apague o sol
Que todos os momentos sejam plenos de felicidade...amor e esperança
Que todos os sonhos se transformem em realidade com a força do amor
Que o espírito do verdadeiro Natal renasça nas mãos de uma criança

Os meus votos de Feliz Natal junto de todos que te são queridos e
que a felicidade e o amor estejam sempre presentes na tua vida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Evy LO disse...

hola, lindo blog
te invito al mio!!

Evy

Luis Eustáquio Soares disse...

sim, os lábios dos mortos, o começo
do silêncio no qual gritamos,
vivemos. belo poema.
saudações,
delamacha

AC disse...

Expurgar a miséria humana, por entre ossos e destroços, tentando preservar a lanterna da dignidade...
(A sua poesia, de tão lúcida, toca-me sempre)

Um Feliz Natal, Ira!

Ricardo Miñana disse...

Que pases unas felices fiestas llenas de alegría.
Buen fin de semana,
¡Feliz Navidad!
un abrazo.

Lily disse...


Sempre forte, Ira!
Mas nao eh fácil, eu sei, todo dia temos que lançar fora muito daquilo que queríamos para sempre, enganados.

Beijos!

Suzana Guimaraes